Imagem capa - We Plant atelier & flowershop por Fabricio Sousa
Fornecedores

We Plant atelier & flowershop




Conhecemos a Maria e sua We Plant atelier + flowershop no dia que fomos na reunião com a Liê, nossa designer amada que fez as alianças do nosso casamento.

O atelier da Liê fica numa sala super charmosa dentro deste Flowershop, no Rio Tavares, que passou a ser um dos meus lugares preferidos aqui na ilha.

A casa é um encanto só, cheia de charme e bossa. Tem um jardim que é a coisa mais gostosa e salas que encantam os sentidos graças as tantas flores diferentes e arranjos prontos, ou não! E a dona disso tudo, Maria Mercadante Bedrikow, faz até quem não consegue manter uma suculenta viva (leia-se Isis ahahaha) querer montar vários terrários e ter uma assinatura floral pra chamar de sua, tamanho talento e simpatia que possui.






Em uma das visitas que fizemos na We Plant tive a oportunidade de entrevistar a Liê e a Maria, entre um café e algumas gargalhadas, e descobrir um pouco mais sobre como elas começaram a empreender nesse sonho de trabalhar com o que fazia o coração delas pulsar.

Eu acho incrível testemunhar histórias assim de gente que corre atrás de viver do que realmente faz sentido pra elas ao invés de reclamar da segunda feira, sabe?

A Maria por exemplo, é arquiteta e, apesar de gostar de plantas desde pequenina, só considerou a possibilidade de trabalhar com elas depois que estudou paisagismo. A consciência dessa possibilidade culminou com a mudança dela para uma casa onde ela tinha um jardim grande pra cuidar. Quer incentivo melhor? 

O gosto por montar arranjos com flores colhidas dos passeios que ela dava, herdou da mãe. E, ao ver que dava certo e que era o que realmente queria produzir, começou a fazer terrários e cursos de flores para se especializar e transformar em realidade o sonho da Flowershop.





Arranjo floral super criativo prontinho pra embelezar alguma casa   




Eu, Isis, acredito demais que o ambiente em que vivemos/trabalhamos influencia muito na nossa criatividade ou na falta dela. Sempre que posso reafirmo essa minha certeza. Logo, a Maria não tinha como passar essa entrevista sem ouvir a pergunta óbvia:- Encontrar o lugar ideal, foi difícil? A casa influencia na tua inspiração?

E claro que a resposta foi SIM!

Inclusive, a casa que hoje abriga a We Plant é também morada da Maria. E ela já não consegue imaginar a Flowershop em outro lugar! 

O negócio segue sendo movimentado basicamente através de email e telefone. A We Plant possui um site lindeza onde as clientes podem ver as criações do atelier e tirar todas as dúvidas que tiverem. O instagram da flowershop também recebe postagens diárias de arranjos lindos e das novidades que sempre chegam por lá. Mas a casa é uma lindeza, gente, e vale demais a visita   .









A We Plant trabalha com composições florais super criativas e decora desde casamentos, eventos, restaurantes até residências. 

Oferece um serviço chamado assinatura floral onde o cliente paga uma mensalidade para ter a casa florida o mês todo, com entregas semanais dos arranjos criados na Flowershop. São alguns planos com preços que acompanham o tamanho dos arranjos.

A idéia inicial é entregar um mix criativo de flores que fuja do tradicional, mas sempre flexibilizando caso tenha alguma cor ou flor que o cliente não goste. 


Com uma pegada sustentável, reaproveita garrafas de vidro e potes que servem perfeitamente como vasos, criando um estilo hi-low que agrada o olhar.

O debut da We Plant no mercado de decoração de casamentos é recente e deu-se graças a um certo incomodo que a Maria tinha ao chegar no local do evento e perceber que as louças/toalhas não harmonizavam com os arranjos que foram montados para a ocasião.

Como possui a formação em arquitetura, resolveu unir as paixões para oferecer um serviço mais completo.

Em parceria com amigas produtoras já decorou vários casamentos e tem trabalhado na criação de pacotes sustentáveis, com custos relativamente baixos e em lugares mais descolados. Pra acompanhar a tendência dos mini weddings, já que se identifica com a proposta de uma celebração mais intimista e cheia de essência. 








Além disso também conversamos sobre a possibilidade da Maria ministrar workshops sobre como montar arranjos e terrários, já que existe um número significativo de pessoas interessadas nos cursos. Existe a vontade de criar o curso e fazer com que mais pessoas se sintam tão bem quanto ela se sente ao mexer com a terra. É só uma questão de organizar a agenda  .

Daqui nós ficamos na torcida para que logo logo esse curso aconteça e nos ajude a florir mais a vida   .





As flores Maria e Liê