26/04/2023 às 15:31 Dicas

Como apresentar as opções do seu cardápio de forma profissional?

42
4min de leitura

Quando se fala sobre gastronomia, sabemos que a apresentação do prato faz diferença, afinal a cultura popular diz que “comemos também com os olhos”. E de fato o neuromarketing já descobriu que a fome também é sensorial. Sendo possível instigar um cliente a comprar usando estratégias como vídeos e imagens que trabalhem com os sentidos. Agora cabe aos restaurantes, bares e cafés usarem essa poderosa ferramenta a seu favor. 

Um exemplo clássico é aqueles anúncios onde tudo começa com os alimentos picados e passam para uma frigideira onde os alimentos são dourados, com aqueles sons bem particulares que reconhecemos sem ao menos precisar ver a imagem. Imaginou? Se apenas lendo já é possível aguçar os sentidos, imagina em um vídeo, o efeito que isso gera numa pessoa já com fome. 

As imagens também têm esse poder?

A imagem é fundamental, pois ela gera aquela sensação de que o prato agrada o paladar ou gera dúvidas sobre qualidade, sendo um verdadeiro divisor de águas. Se você tem um Ifood, analise as imagens que disponibilizou no aplicativo. Se você ainda não tem um cardápio físico no seu restaurante, saiba que colocar a foto dos pratos é uma boa estratégia para gerar mais segurança quanto às escolhas, e também induzir o cliente a ir nos pratos que lhe são mais interessantes.

Além dessas questões tão importantes na decisão do seu cliente, as imagens também podem ilustrar uma campanha em outdoor próximo ao seu estabelecimento ou posts de redes sociais contando sobre a experiência que aquele prato proporciona. 

3 dicas para começar

A realização de um vídeo é mais complexa, por isso sugerimos que, se você deseja fazer por conta própria, crie boas imagens. Um vídeo para aguçar a fome sensorial precisa ser planejado por um profissional. Se você precisar de ajuda, fale comigo por aqui! 

Mas vamos a algumas dicas para que você possa criar sua primeira sessão fotográfica e vender seus alimentos. 

1 Apresentação que destaque seu alimento

Um empratamento bonito e louças que façam seu produto se destacar são o ponto de partida. Se você faz entrega de delivery em embalagens plásticas básicas, vale dar mais beleza e valorizar o alimento mostrando-o empratado. Agora, se você tiver uma embalagem personalizada ou se ela for um dos seus diferenciais, faça também fotos do alimento na embalagem. 

2 Crie contexto

Uma das estratégias mais praticadas pelo mercado é tornar o fundo mais neutro ou desfocado - evitando a distração do olhar, mas trazer contexto por meio de elementos que estão presentes na receita. Uma xícara de café pode ter em seu entorno alguns grãos. Se houver outra especiaria presente na bebida como laranja, a fruta também pode aparecer de maneira discreta na imagem. Em bebidas quentes, capturar a fumaça não é tarefa fácil, mas ajuda a trazer aquele aconchego que só um cafezinho bem feito tem. 


Se um doce tem em sua cobertura canela em pó, por exemplo, que tal eternizar o momento de polvilhar a canela, humanizando ainda mais a empresa e fazendo referência a detalhes? Aquele queijo que derrete ao abrir um salgado mostra textura, emana sabor e aguça o paladar. Seja criativo, mas faça esse planejamento de como fotografar cada prato ou bebida antes de prepará-los, evitando desperdício de tempo e alimento. 

3 Luz e enquadramento

Esses dois detalhes são mais técnicos, mas fazem total diferença. O primeiro ponto é escolher um ambiente onde a luz natural se faça presente de forma abundante. Procure se posicionar próximo a janelas, usando-as sempre de contraluz em relação à câmera e ao alimento.

Caso a sessão seja feita à noite e você tiver um LED, posicione ele sempre atrás do alimento, do lado oposto da câmera mesmo, em um ângulo de aproximadamente 45 graus. Isto vai ajudar a trazer as texturas do prato.


Se seu celular ou câmera tiver a opção de zoom óptico (tele-objetiva), procure usar essa opção. Isso ajudará a organizar os planos de imagem e focar a atenção do espectador.

Quando se trata de alimentos ou bebidas o ideal é não cortar um pedaço do prato, pois isso dá a impressão de que algo está faltando. 


Diferente de quando você tem um determinado alimento em quantidade, um exemplo e uma foto com brigadeiro, você pode brincar com o cenário e deixar um mais à frente e bem focado, enquanto outros podem ficar no fundo da imagem. 

Quando não se é profissional, quanto mais cliques melhor, então faça a foto de todos os ângulos e aproveite esse momento pensando em como as fotos podem ser usadas para gerar mais clientes. 

Se precisar de ajuda com a produção fotográfica de alimentos, conte comigo! 

26 Abr 2023

Como apresentar as opções do seu cardápio de forma profissional?

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

cardápio imagens para cardápio

Quem viu também curtiu

13 de Out de 2017

Qual a melhor época para fazer meu ensaio gestante?

10 de Ago de 2017

Qual o melhor horário para casar durante o dia?

28 de Set de 2017

Vantagens de fazer um ensaio em dia nublado

Logo do Whatsapp